PERÍCIA OFICIAL: Silvio Fávero articula melhorias para Politec-MT

Estão no rol de atividades desenvolvidas pelos peritos, a elaboração de laudos periciais nas áreas de criminalística, medicina legal, odontologia legal, emissão de documentos de identidade civil e criminal.
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Em visita institucional à sede da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), realizada nesta segunda-feira (17.08), o deputado estadual Silvio Fávero pode conhecer melhor as estruturas que integram o órgão, bem como as principais demandas para aprimoramento dos trabalhos desenvolvidos no local.

Ao lado do diretor-geral da Politec-MT, Rubens Sadao Okada e demais membros da Perícia Oficial, o deputado percorreu diversos setores, dentre eles, a diretoria de Criminalística, Laboratório Forense, setor de Balística, de Identificação Técnica e de Medicina Legal, onde pode constatar os avanços já implementados e possíveis melhorias para infraestrutura local.

Estão no rol de atividades desenvolvidos pelos peritos, a elaboração de laudos periciais nas áreas de criminalística, medicina legal, odontologia legal, emissão de documentos de identidade civil e criminal.

“Durante a visita pude observar o empenho dos servidores em desenvolver, de forma precisa, um trabalho eficiente a favor da sociedade”, observou Silvio Fávero, se colocando à disposição para continuar trabalhando a favor da categoria.

Dentre as demandas informadas ao parlamentar estão a necessidade de aquisição de um aparelho de raio x portátil, que Fávero se comprometeu em auxiliar no processo de aquisição, por meio de emenda parlamentar.

Outra demanda repassada pelos peritos, que será reforçada por meio de indicação parlamentar, é a necessidade de instalação de uma câmara fria para manter congelado materiais coletados de locais de crime que estão em investigação, assim como a contra-prova de todo material analisado.

Também voltado à melhoria dos serviços prestados pela Politec-MT, se faz necessária a aquisição de outro equipamento, o HPLC, que é um cromatografo líquido de alta eficiência, para analisar substâncias tóxicas, dentre elas, diversos tipos de veneno.

“Continuarei trabalhando para assegurar melhores condições de trabalho aos profissionais da Politec-MT, em benefício da população. Parabéns a todos pelo trabalho minucioso, de inteligência, essencial para toda a sociedade mato-grossense”, finalizou o parlamentar.

Assessoria

Assessoria de Imprensa

Assessoria de Imprensa

Deixe o seu comentário