INVESTIMENTO: Fávero cobra do Estado melhorias para Saúde de Cáceres

Entre os pedidos está a compra de ambulância para o Hospital Regional do município.
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

O deputado estadual Silvio Fávero (PSL-MT), encaminhou indicações ao Governo do Estado com cópia para a Secretaria de Estado de Saúde (SES), reivindicando a compra de uma ambulância, equipamentos para realização de exames aos pacientes atendidos pelo Hospital Regional de Cáceres (28 quilômetros distantes da Capital mato-grossense), além da disponibilidade de leitos da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

As demandas encaminhadas pelo deputado atendem as reivindicações do presidente do PSL Municipal, engenheiro e empresário, Takao Nakamoto. No início do mês de novembro, Takao provocou uma reunião de trabalho com o diretor do hospital Regional Onair Nogueira, com a participação do deputado Silvio e o deputado federal Nelson Barbudo. Na ocasião ele mostrou o que a atual realidade da principal unidade de saúde de Cáceres.

“Pela proximidade que tenho com os deputados Silvio e Nelson aproveitei para tentar ajudar o nosso município que hoje atende por meio do Hospital Regional, vinte municípios além de outras regiões, dependendo da situação. A saúde pública de Cáceres precisa de atenção urgente e o que pudermos fazer para buscar as melhorias, iremos fazer. Os deputados sempre foram atenciosos com a região Oeste e com certeza, o que depender deles não irão permitir que o nosso hospital vá parar na UTI”, salientou o empresário.

Fávero pede a aquisição de um aparelho tomógrafo computadorizado para atender a demanda do Pronto Atendimento, a fim de diagnosticar lesões ortopédicas e a investigação de acidentes vasculares cerebrais. Equipamento que também auxiliará na avaliação de traumas cranianos, doenças como câncer e processos infecciosos de diferentes órgãos.


Já o aparelho de ressonância magnética irá auxiliar as equipes médicas, na interação do corpo do paciente por meio de campos magnéticos e pulsos de radiofrequência, permitindo que o especialista visualize através de imagens de alta definição seus órgãos internos. “Esse exame é muito importante e fundamental para o Hospital Regional, uma vez que o mesmo possibilita o diagnóstico de doenças neurológicas, cervicais, cardiológicas, ortopédicas, abdominais, fraturas e até indicações de infarto”, justificou o deputado.

A precariedade da frota de ambulância que Cáceres possui e a falta de leitos de UTI, segundo Fávero, justificam suas reivindicações ao Governo. “A cidade atende toda região Oeste do Estado, tendo sua demanda cada vez maior. Por isso, pedi urgência quanto à compra e a disponibilidade de leitos. Não podemos esperar o pior acontecer para tomar providência. Estamos falando de vidas”, alegou Fávero.

Assessoria

equipefavero

equipefavero

Deixe o seu comentário