APOIO À AGRICULTURA: Fávero pede a bancada federal celeridade na aprovação de PL que autoriza tráfego de equipamentos agrícolas nas rodovias

Projeto de Lei nº 4.223/20 prevê a autorização do tráfego de equipamentos agrícolas em rodovias, numa extensão de até 10km.
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print
Foto: Erlan Aquino / ALMT

Em indicação (nº 523/20) destinada à bancada federal, o deputado estadual Silvio Fávero solicita celeridade na tramitação e apoio ao Projeto de Lei nº 4.223/20, que tramita na Câmara e prevê a autorização do tráfego de equipamentos agrícolas em rodovias, numa extensão de até 10 quilômetros.

No documento aprovado em plenário da Assembleia Legislativa, o parlamentar destaca que grande parte da produção agrícola nacional é transportada por tratores com reboques, especialmente em trechos curtos até os armazéns, causando prejuízo aos produtores.

“Não podemos pactuar que um produtor rural proprietário de uma colheitadeira tenha que embarcar seu instrumento de trabalho para que possa fazer uma travessia de via ou mesmo para que possa se deslocar de uma propriedade para outra em pouca distância”, indignou-se, Silvio Fávero.

Para o parlamentar, que atua em defesa dos produtores rurais de Mato Grosso, impor este ônus aos agricultores implica em elevar o custo da produção e burocratizar ainda mais o setor que “sustenta” a economia nacional.

O PL nº 4.223/2020, de autoria do deputado federal Schiavinato, do Paraná, foi apresentado em Plenário em agosto de 2020 e ainda não foi votado. O objetivo de Silvio Fávero é chamar a atenção dos representantes de Mato Grosso para essa proposta e apoio para aprovação.

“Cabe destacar que muitos produtores possuem mais de uma área de terras, fazendo com que seja necessário o descolamento em curtos trajetos nas vias públicas, com equipamentos para preparo de solo, plantio, tratos culturais e colheitadeira”, ressalta Silvio Fávero na indicação, pedindo união de esforços da bancada federal para aprovação do projeto.

Assessoria

Assessoria de Imprensa

Assessoria de Imprensa

Deixe o seu comentário