CONEXÃO SOLIDÁRIA: Aprovado projeto de Silvio Fávero para realização de campanha de doação de aparelhos tecnológicos

No aguardo da sanção do governo, a iniciativa do parlamentar tem por objetivo beneficiar estudantes da rede pública de ensino em situação de vulnerabilidade social.
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print
Foto Erlan Aquino ./ Assessoria

Um dos desafios apresentados durante a pandemia do novo coronavírus foi a dificuldade de acesso de grande parte dos estudantes da rede pública de ensino a ferramentas tecnológicas para o acompanhamento das aulas virtuais.

Em atenção às famílias em situação de vulnerabilidade social, que não tem condições de adquirir aparelhos como tablets, notebooks e smartphones, o deputado estadual Silvio Fávero desenvolveu o projeto de Lei nº 776/20, aprovado em segunda votação pela Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (14).

A proposta segue para sanção do Governo do Estado, com expectativa de estimular o desenvolvimento de uma grande campanha solidária a ser coordenada pelo Estado, em benefício dos estudantes da rede pública de ensino “desconectados” do ensino virtual, por falta de condições financeiras.

Na proposta aprovada, Fávero enfatiza que com a pandemia mundial, a exemplo das demais unidades de ensino ao redor do mundo, em Mato Grosso a retomada dos ensinos, se deu de forma não presencial, utilizando-se do uso de recursos digitais de aprendizagem, denominado de “Aprendizagem Conectada” pela Secretaria de Estado e Educação (SEDUC).

Foto Erlan Aquino ./ Assessoria

“O PL Conexão Solidária leva em conta a atual e não menos importante necessidade de viabilizar a todos os estudantes da rede pública acesso às tecnologias necessárias ao processo de aprendizagem virtual. Ele busca promover a sensibilização e o engajamento social com a doação de aparelhos tecnológicos novos e usados aos que mais necessitam. Investir no ensino é cuidar do futuro da nação”, argumentou o deputado estadual, em defesa do PL nº 776/20.

Assessoria

Assessoria de Imprensa

Assessoria de Imprensa

Deixe o seu comentário